Negócios

Governança corporativa e empresas familiares

30 de outubro de 2017

Falar de empresas familiares é um assunto delicado, pois além de negócio envolve indivíduos, famílias e sócios. Nesse sentido, percebe-se que há diversos interesses, de diferentes categorias e intensidades que esse sistema necessita atender. Com isso, as empresas familiares lidam com muitos conflitos, que surgem pela incompreensão de papéis.

Deste modo são necessárias ferramentas que auxiliem na harmonização desses interesses, que são relacionados a diversos tipos de agentes, tais como: familiares que não atuam na organização e nem na propriedade; sócios-proprietários que não são administradores e nem familiares; gestores que não são proprietários e nem familiares; familiares proprietários que não são gestores; administradores que não membros da família e nem proprietários e, por fim, familiares gestores e proprietários.

Nesse sentido, os desafios nas empresas familiares são constantes, pois é preciso integrar todos os seus agentes de forma que as dimensões família, sócios, negócios e indivíduos evoluam. Tornando assim a companhia mais competitiva, a família mais harmonizada, os sócios com maior retorno de investimento e os indivíduos mais competentes, proporcionando uma perpetuidade do sistema que envolve as empresas familiares.

As principais problemáticas envolvendo esse tipo de empresa relaciona-se com a sucessão; a transparência nas prestações. A governança corporativa envolve práticas e princípios que auxiliam nas relações de poder entre membros da família, indivíduo, propriedade e gestão de contas; o tratamento igualitário para os acionistas; a não confiança dos investidores, quando existe algum membro da família na gestão; a retenção de mão de obra qualificada para que assumam cargos de gestão; a relação entre profissionais pertencentes à família e os não pertencentes, o gerenciamento da empresa, para que seja feito de forma eficiente e direcionando-a para o sucesso; a manutenção dos interesses da família, do fundador e dos outros shareholders, alinhados ao longo de anos; ausência de critérios racionais nas decisões de investimento; e supervalorização das decisões afetivas.

"A governança corporativa envolve práticas e princípios que auxiliam nas relações
de poder entre membros da família, indivíduo, propriedade e gestão."

Assim, a governança corporativa (GC) tem o objetivo de evoluir as empresas familiares para que as dimensões se harmonizem. A presença dos mecanismos de governança nas empresas familiares auxilia na definição dos estágios, que variam conforme a implementação de mecanismos, como: conselhos de administração, conselho de auditória, conselho de sócios, conselho de família e family offices, por exemplo. Além disso a governança corporativa envolve práticas e princípios que auxiliam nas relações de poder entre membros da família, indivíduo, propriedade e gestão. As empresas familiares necessitam do reconhecimento dos conflitos envolvendo essas quatro dimensões para que, assim, concentrem seus recursos para a implementação de práticas de GC.

Com isso, há a necessidade de se implantar soluções que integrem os interesses da família, do indivíduo, dos negócios e dos sócios e, portanto, de se trabalhar a governança corporativa. Para quem busca conhecer mais sobre essa área, o Instituto Empresariar (instituição brasileira especializada na profissionalização de empresas familiares, sediada no Nordeste) a mais de uma de década vem desenvolvendo e implementando metodologias com êxito no Brasil, visando viabilizar e perpetuar as empresas familiares.

Uma oportunidade de conhecer mais sobre o assunto será durante um evento sobre empresas familiares, que será realizado no mês de novembro em Teresina, em uma parceria do Instituo Empresariar e a Federação das Indústrias do Estado do Piauí (FIEP). Na oportunidade, serão abordadas as tendências, problemáticas e soluções, com nomes de referência na área e a apresentação de cases.

Texto de Camilla Cruz de Carvalho
Doutoranda em Governança em Empresas
Familiares, Consultora em Governança Corporativa
camilla@institutoempresariar.com.br
<