Empresa Familiar – Saiba o que é, como funciona e suas principais características

empresa familiar

 

Uma empresa familiar atua em diversas áreas do mercado. Um fato interessante é que mesmo aquelas que atuam no mesmo nicho possuem características diferentes umas das outras. 

 

Isso ocorre porque cada família possui sua particularidade, um modo de viver e agir que também é replicado nas ações da empresa.

 

Hoje vamos entrar em detalhes acerca das empresas familiares, que vem ganhando cada vez mais espaço no mercado!

 

 

Que tipo de empresa pode ser considerada como Empresa Familiar?

Uma empresa familiar pode optar seguir pelo modelo tradicional, onde elas possuem capital fechado, tendo o controle administrativo e financeiro feito exclusivamente pelos membros da família. 

 

Outras empresas familiares seguem o modelo de administração familiar, sendo controladas pelos membros da família, mas com cargos de gestão ocupados por profissionais não familiares.

 

Também não podemos deixar de falar sobre o modelo híbrido, onde as duas atividades citadas acima se interligam. 

 

Por fim, uma empresa familiar pode se comportar sob um modelo de influência ou de investimento, onde os membros da família não participam da administração da empresa, mas possuem a maior parte das ações.

 

 

O que difere uma Empresa Familiar dos outros tipos de Empresa?

As empresas familiares são completamente diferentes de empresas não familiares e esta singularidade pode ser interpretada como um fator extremamente positivo.

 

Já está comprovado que em momentos de crise as empresas familiares são as que se recuperam mais rápido, pois possuem um processo de tomada de decisão muito mais prático e objetivo em comparação com outras empresas.

 

Enquanto as empresas não familiares se baseiam num sistema mecânico, onde cada um possui sua função com todos podendo ser substituíveis a qualquer momento, as empresas familiares possuem um sistema orgânico, que como em um organismo vivo, cada parte está interligada a outra.

 

 

Como funciona?

A essência de uma empresa familiar é a sua capacidade de perpetuação, afinal, a própria família é uma instituição caracterizada pela continuidade no tempo. 

 

Um planejamento estratégico, integrado e sistêmico irá potencializar essa capacidade de perpetuação, uma vez que a sua implementação auxiliará no alinhamento de missões, visões, objetivos, valores e planos de cada parte que compõe a empresa. A perpetuação da empresa familiar também depende de um bom planejamento sucessório.

 

O Instituto Empresariar possui uma equipe 24 horas à disposição de famílias empresárias que desejam iniciar e desenvolver seu processo de perpetuação.

 

Clique aqui e conheça os nossos serviços!

Planejamento Sucessório – Saiba mais sobre esta importante ferramenta para empresas familiares

planejamento sucessório

 

O planejamento sucessório é um processo crucial para as empresas familiares. E para que ele seja implementado da maneira mais assertiva possível, é preciso que seja elaborado em seus mínimos detalhes.

 

Hoje, mostraremos o caminho para um planejamento assertivo e bem organizado. Acompanhe agora!

 

O que é um Planejamento Sucessório?

Chegará uma hora em que os fundadores não estarão aptos a realizar o trabalho diário, porém, isso não significa que a empresa também tenha que diminuir o ritmo ou parar. Planejar a sucessão significa mapear probabilidades de perpetuação da empresa familiar. 

 

O planejamento sucessório deve ser realizado com calma, entendendo as necessidades da empresa e as características da família empresária. 

 

É extremamente importante que o sucessor em potencial esteja preparado para o processo sucessório. Porém, não apenas ele, como também o sucedido, a família, sócios e profissionais da empresa.

 

O Planejamento Sucessório Ideal

Para que o processo de sucessão seja realizado da forma mais organizada possível, é necessário que ele mapeie as estratégias da família, identifique o planejamento do negócio, compreenda a estratégia dos sócios e que verifique os possíveis sucessores. 

 

Muitas vezes interpretado como tabu, a execução do planejamento sucessório requer extrema atenção e conhecimento.

 

É recomendável que este processo seja tocado por especialistas em empresas familiares. Uma figura neutra na situação fará as escolhas mais apropriadas para a sucessão e saberá dialogar com cada membro da família.

 

O planejamento é um processo educacional. Logo, a participação da nova geração é fundamental, porque ela vem de uma fase de crescimento e expectativa.

 

Como fazer este Planejamento?

É essencial identificar quais são as estratégias da família, os acordos de convivência e o posicionamento do conselho familiar ajudarão a definir o caminho a seguir.

 

Também se faz necessário tomar muito cuidado com o dono do patrimônio, pois muitas famílias estacionam nesse processo por medo, seja pelo medo de avançar ou de sensibilizar o fundador. Em alguns casos, pode ser necessária a criação de uma holding familiar para a administração do patrimônio.

 

E como identificar o possível sucessor? É necessário alinhar o perfil mais aderente à empresa familiar e também considerar o bem-estar desse indivíduo ao atuar nessa posição considerando a sua saúde física, mental e espiritual.

 

O Instituto Empresariar possui uma equipe 24 horas à disposição de famílias empresárias que desejam iniciar e desenvolver um planejamento sucessório para suas empresas familiares.

Clique aqui e conheça os nossos serviços!

Holding Familiar: Saiba como proteger o seu Patrimônio!

holding familiar

 

O Holding Familiar é um assunto que é de interesse de todos os empresários e empresárias brasileiras: como proteger e assegurar o patrimônio de suas respectivas empresas.

 

Hoje, iremos falar sobre isso que ´é uma importante forma de garantir uma boa administração e por consequência, uma sucessão organizada dentro das empresas familiares.

O que é Holding Familiar?

É uma empresa criada com a missão de administrar o patrimônio de uma família empresária.

 

Sua finalidade é apenas planejar, assegurar e criar ferramentas de desenvolvimento para os bens familiares, não estando envolvida com questões comerciais.

 

Os bens a serem administrados podem ser desde cotas à recursos financeiros, incluindo também imóveis adquiridos como propriedade para investimento.

 

Quando uma empresa familiar abre uma holding, elas deixam de ser proprietárias dos antigos bens, que agora fazem parte desta nova empresa. No entanto, acontece que a família é proprietária da holding, que administra o antigo patrimônio da família.

 

Logo, ela não deixa de ser dona dos antigos recursos, apenas garante uma segurança legal, com contratos e negociações firmadas previamente entre todos os integrantes da família.

Como funciona uma Holding Familiar?

É responsabilidade direta da holding tomar todas as decisões relacionadas ao patrimônio familiar, sendo que tais posicionamentos são deliberados com a participação dos sócios da empresa.

 

Normalmente, existem dois tipos: mista ou pura. No que diz respeito a uma holding familiar mista, ela não controla apenas o patrimônio, mas também exerce outras atividades empresariais, no que diz respeito a questões comerciais. Já a pura administra somente o patrimônio.

 

Estas duas abordagens empresariais proporcionam maior segurança contra riscos patrimoniais e também contribuem para uma maior economia em relação a despesas relacionadas a manutenção da documentação da empresa familiar.

Como abrir uma Holding Familiar?

A família possui duas opções. Ela pode optar por uma empresa LTDA ou S/A. Por questões de deliberações societárias, é recomendável que a holding siga o modelo de empresa LTDA.

 

Assim, todos os sócios da empresa familiar têm seu recurso financeiro assegurado e também menos burocracia quanto a possibilidade da entrada de novos integrantes no setor societário da holding.

 

É estritamente recomendado que a família empresária organize um estatuto com regras e acordos firmados, para que tanto o patrimônio quanto a empresa esteja segura durante todo o processo.

Instituto Empresariar: Especialista em Empresas Familiares

O Instituto Empresariar possui uma equipe 24 horas à disposição de famílias empresárias que desejam iniciar e desenvolver uma holding familiar para proteger seus recursos.

 

Clique aqui e conheça os nossos serviços!

Publicado em: Blog

Planejamento Sucessório – Por Cícero Rocha

Você já fez o seu planejamento sucessório?

Estou há mais de duas décadas trabalhando com empresas familiares. Durante a minha trajetória, uma das coisas que mais me chamam atenção é que o assunto “planejamento sucessório” ainda é uma questão um pouco delicada.

Vejo como uma defesa natural do ser humano na tentativa de evitar encarar o fato de que uma hora ele não vai mais estar presente.

No entanto, o planejamento sucessório serve principalmente para amenizar esta situação, organizando todas as pendências e responsabilidades existentes.

Muitas famílias, que até então viviam em harmonia, entram em conflito quando falece o (a) líder familiar responsável pela gestão. Isto é causado, principalmente, pela falta de tato ao conduzir este processo tão importante para o convívio familiar.

Dito isto, qual a melhor forma de realizar o planejamento sucessório na sua empresa familiar?

Para preservar o patrimônio e garantir sua justa e organizada distribuição, é preciso estar atento a detalhes técnicos – como a situação civil do (a) líder familiar – e também características de vínculos pessoais, como a inicialização da preparação do sucessor ideal no círculo familiar. Este sucessor não precisa obrigatoriamente ser o mais velho da família e sim aquele que possui maior capacidade organizacional e senso de gestão.

O planejamento sucessório contribui de forma positiva para a manutenção da estrutura familiar. É extremamente importante realizar de maneira antecipada, para evitar que os herdeiros passem pela complicada situação de tomar decisões delicadas, colocando em risco a união da família.

E é pensando nisso que eu estou aqui, disposto a ajudar todas as famílias empresárias que estão passando por este momento. Se você deseja realizar o planejamento sucessório no seu círculo familiar, entre em contato comigo que estarei de prontidão para auxiliar.

Cícero Rocha,

Fundador do Instituto Empresariar e Referência em Empresas Familiares.

Você sabe o real valor do seu negócio familiar? Por Cícero Rocha

Ter as ações de uma empresa familiar implica ter elementos intangíveis difíceis de mensurar apenas com parâmetros técnicos.

Há uma dimensão de propriedade socioemocional que não está presente nas regras de avaliação do mercado de capitais.

Quando o fundador ou fundadores se aposentam do negócio que viram nascer e crescer, geralmente procuram dar aos filhos a propriedade da empresa e, ocasionalmente, a administração dela.

Negociações sempre existirão, mas os atritos que surgem entre suas partes podem diminuir, e até mesmo ser evitados, se a forma de proceder nessas situações estiver estipulada no protocolo de família.

Com a ajuda de critérios concretos e métodos objetivos de valorização das ações (que, aliás, dão preferência aos herdeiros que desejam comprá-las, para permanecerem como proprietários), cria-se um processo justo, saudável e livre de brigas desnecessárias.

Lembre-se de que a oportunidade facilita o processo de tomada de decisão. Se tudo for documentado e previamente acordado pelas partes interessadas, serão evitados transtornos e, acima de tudo, a harmonia familiar permanecerá intacta.

Cícero Rocha,

Fundador do Instituto Empresariar e Referência em Empresas Familiares.

A importância de um processo sucessório em uma empresa familiar. Por Cícero Rocha

O processo sucessório em uma empresa familiar deve ser bem planejado, levando em consideração as particularidades de cada grupo familiar e empresarial, mas infelizmente muitas empresas familiares não tratam o assunto com a devida importância, gerando assim vários problemas.

É complicado o processo de sucessão?

Bem, a complexidade do processo vai depender do porte da empresa e da quantidade de sócios. Em qualquer situação, no entanto, é fundamental que a pessoa tenha talento, competência e habilidade para operar o negócio.

Escolher sem considerar esses fatores é colocar a continuidade em risco. Fica ainda mais complicado se o processo ocorrer repentinamente, sem preparo, algo comum em caso de doença ou morte.

A maneira de conduzir o processo é determinante para torná-lo mais tranquilo. O primeiro ponto é entender que não se trata de uma escolha pessoal: o sucessor deve ser escolhido pela capacidade, não por ser o preferido ou o mais querido no ambiente familiar. O Instituto Empresariar está preparado para te ajudar nesse processo com metodologias aplicadas, possuindo uma lista vasta de êxitos que comprovam a excelência dos nossos serviços.

Saiba mais em: https://lnkd.in/e2TGvMC

Cícero Rocha,

Fundador do Instituto Empresariar e Referência em Empresas Familiares.

A importância do conselho familiar. Por Cícero Rocha

Por muitas vezes o conselho é o primeiro fórum no qual muitos dos membros da família, eleitos ou nomeados, se reúnem para representar os interesses de todos, juntamente com a atribuição de definir os limites claros entre os interesses familiares e os empresariais.

No Instituto Empresariar há uma ordem de importância: indivíduos chave, família, negócios e sociedade. Porque toda empresa familiar precisa primeiramente ter um guardião dos valores desse grupo de pessoas e que desenvolva ações que irão garantir que a união seja a base e o suporte da perpetuidade dos negócios.

Outro papel que enxergamos como essencial é propiciar um ambiente em que todos os familiares tenham a possibilidade de se manifestar e a abertura para que sejam ouvidos, encontrando assim, espaços nos quais possam colaborar com seus talentos e sintam-se envolvidos e participantes, vivendo a satisfação e o orgulho de fazer parte da equipe.

Quer saber mais de como o Instituto Empresariar pode ajudar sua empresa familiar a montar um conselho de forma eficiente? Entre em contato conosco!

 

Cícero Rocha,

Fundador do Instituto Empresariar e Referência em Empresas Familiares.

Sustentabilidade e Inovação na Empresa Familiar. Por Cícero Rocha

Hoje venho falar sobre as agendas de sustentabilidade e inovação que viraram questão de sobrevivência para as empresas, em um mundo cada vez mais digital e com uma sociedade mais consciente. Mas enquanto as companhias de capital aberto já entenderam a nova realidade para atender às demandas de clientes, credores e investidores, os grupos familiares ainda patinam em alguns temas, como as questões ambientais e sociais.

As empresas familiares ainda têm um caminho importante a seguir nas práticas de ESG e o Instituto Empresariar pode auxiliar sua empresa na imersão dessa nova ferramenta do mercado, por meio de um método totalmente projetado e sistematizado que se aplica de forma estratégica a realidade da sua empresa.

Acredito que daqui para frente às empresas familiares vão sofrer uma pressão considerável para se adequar às melhores práticas do mercado. Diante disso, é necessário avaliar esse tema como prioridade e seguir com a ajuda dos membros de sua empresa familiar da nova geração, podendo somar grandemente com base em soluções sustentáveis e inovadoras.

Entre os especialistas, é quase consenso que, quem aderir primeiro a essa agenda, terá mais vantagens no mercado. Apesar de a maioria não enxergar os benefícios, algumas empresas já despertaram para o assunto.

 

Cícero Rocha,

Fundador do Instituto Empresariar e Referência em Empresas Familiares.

A essência de uma empresa familiar é a sua capacidade de perpetuação! Por Cícero Rocha

A essência de uma empresa familiar é a sua capacidade de perpetuação!

Afinal, a própria família é uma instituição caracterizada pela continuidade no tempo. Um planejamento estratégico, ou seja, integrado, sistêmico e continuado, irá potencializar essa capacidade de perpetuação, uma vez que a sua implementação auxiliará no alinhamento de missões, visões, objetivos, valores e planos de cada parte que compõe a empresa.

☝🏻 Esse alinhamento é essencial, pois, se há qualquer desajuste ou discordância no horizonte de expectativas e objetivos de uma empresa familiar, ela poderá ficar paralisada ou até mesmo ruir.

Nesses últimos 30 anos experienciando a implementação desse processo de gestão em diversas empresas familiares, algo que tem me garantido êxito é o Método BFB, uma metodologia desenvolvida exclusivamente para as empresas familiares brasileiras e que as define como um ecossistema orgânico constituído por quatro subsistemas integrados:

▪ os indivíduos chave
▪ a família empresária
▪ a empresa familiar
▪ e os sócios.

No Instituto Empresariar, trabalho com um planejamento estratégico específico para cada uma dessas partes constituintes.

Com um planejamento bem estruturado, as famílias empresárias poderão construir uma estratégia integrada e de impacto social, impulsionada por valores compartilhados e utilizando todo o conjunto de oportunidades, talentos e recursos disponíveis para elas.

 

Cícero Rocha,

Fundador do Instituto Empresariar e Referência em Empresas Familiares.

A importância do Branding na Empresa Familiar. Por Cícero Rocha

A construção de uma marca de empreendimentos familiares é um processo que deve considerar o branding da família empresária, seus indivíduos chave (lideranças) e sócios para que haja uma consolidação integrada de branding na empresa familiar.

Integrar a execução do planejamento estratégico desde o fundador , sua família e sócios ao da empresa. Considerado isso, é necessário saber qual o lugar do seu negócio no mercado, conhecer a fundo o ramo da sua empresa e fazer correlação ao expor a personalidade da sua marca e do posicionamento da família que a governa.

As decisões do líder de uma empresa mostram ao público como a sua marca e empresa se comportam no mercado, diante das adversidades e problemas que surgem na caminhada empresarial. A construção de uma marca anda lado a lado com o profissionalismo e a capacitação das liderança chaves e sua equipe, que precisam levar uma qualidade PERCEBIDA de serviço e produtos para os clientes e o mercado, de acordo com os princípios e valores que norteiam a empresa familiar e a família empresária!

Todo dia nós tomamos várias decisões que têm impacto direto no nosso futuro. Por isso, é fundamental fazer essas escolhas de maneira consciente. É um enredo de uma história- Story Brand – um processo constante.

Uma marca não se constrói do dia para a noite, mas se destrói!

 

Cícero Rocha,

Fundador do Instituto Empresariar e Referência em Empresas Familiares.